Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK

Oficina mais próxima

MForce Cascais Shopping

SAÚDE AUTO

210 115 017

Fale com um especialista


ABS

O sistema ABS é um sistema de travagem antibloqueio (ou Anti Blocking System, em inglês). Este sistema evita o bloqueio dos travões aquando de uma travagem, o que permite ao condutor manter o controlo do carro e desviar-se de obstáculos mais facilmente durante uma travagem havendo sempre resposta da direção. É compatível com sistemas de travagem de disco e também de tambor. O sistema ABS é uma medida de segurança ativa e desde 2003 que é obrigatório como equipamento de série nos veículos novos produzidos no mercado europeu.

travões ABS


AdBlue

O AdBlue é um líquido injetado na linha de escape dos veículos a diesel. É utilizado para reduzir as emissões de NOx (óxidos de nitrogénio) produzidas pelos motores de combustão, cumprindo com a norma Euro 6. O líquido AdBlue é incolor, inodoro e anti-inflamável, composto à base de ureia (32.5%) e água desmineralizada (67.5%). Nos carros equipados com este sistema, o motor é imobilizado eletronicamente se o depósito de AdBlue estiver vazio. Se precisa de repôr o AdBlue, contacte uma oficina M-Force.

Medidor de adblue


Alavanca de Velocidades

A alavanca de velocidades (alavanca de câmbio) é a peça que permite escolher as mudanças nos carros com transmissão manual. Para conseguir utilizar e mudar as velocidades com a alavanca, o condutor precisa, imediatamente antes, de pisar no pedal da embraiagem com o pé esquerdo.

Nos veículos com transmissão automática, a alavanca de câmbio não serve para mudar velocidades e não precisa de pisar no pedal da embraiagem porque não existe – serve apenas para definir as posições básicas:

  • P - Park (quando parar o veículo);
  • R - Reverse (marcha atrás);
  • N - Neutral (posição neutra / ponto morto);
  • D - Drive (conduzir).

Alternador

O alternador faz parte do sistema elétrico da viatura. Transforma a energia mecânica do motor em energia elétrica – tal como se fosse um pequeno gerador – o que mantém a bateria na sua máxima capacidade. Sem o alternador, o carro iria funcionar apenas enquanto tivesse bateria. A corrente elétrica “fabricada” pelo alternador alimenta a ignição, o rádio e o limpa pára-brisas, por exemplo. 

Deve ficar atento a quaisquer sinais em forma de bateria no painel de controlo. Esse sinal pode indicar que a bateria está a chegar ao fim da sua vida útil ou que há um problema no alternador.

Fique atento a quaisquer pequenas falhas no sistema elétrico do veículo (os vidros ficam mais lentos ou deixam de funcionar, as luzes perdem capacidade de iluminação, entre outros), pois também podem denunciar falhas no alternador. Se detectar algumas falhas deste género, dirija-se a uma oficina M-Force onde a capacidade do alternador será testada, assim como a condição da bateria.


Amortecedores

Os amortecedores fazem parte da suspensão do automóvel. Servem para manter os pneus em contacto com o solo, sem andar aos “solavancos” ou a “gingar” de um lado para o outro. A parte superior do amortecedor está fixada ao chassis do automóvel e suporta o peso suspenso do veículo. Por sua vez, esta haste liga-se a um pistão com óleo hidráulico, o que amortece a vibração da suspensão. A parte inferior está presa ao eixo, o que permite manter a estabilidade na estrada. 

Ao contrário do que o nome pode sugerir, os amortecedores não absorvem impactos. As molas é que absorvem o impacto através de um sistema de compressão. Quando as rodas passam por um obstáculo, as molas balançam e repetem a oscilação. Mas, se os amortecedores estiverem em mau estado, as rodas perdem o contacto com o terreno e embatem na estrada. Por segurança, convém fazer uma revisão aos amortecedores a cada 20.000 kms e substituí-los a cada 80.000 kms. Além disso, os amortecedores aumentam a estabilidade do veículo e a aderência ao piso, o que proporciona mais conforto aos passageiros. 

Como os amortecedores se desgastam lentamente, é natural que se vá habituando a conduzir o automóvel com amortecedores gastos. Mas deve ficar atento ao aumento da distância de travagem, oscilações nos faróis dianteiros, desgaste ou corrosão precoce dos pneus e à sensação que o veículo começa a “fugir”.


Anéis do Pistão

O jogo de anéis do pistão é um elemento de vedação do motor que suporta pressões e temperaturas muito altas. Ajudam a reter gases para que não cheguem ao cárter e controlam o fluxo de óleo nas paredes do cilindro.


Antena

Tradicionalmente, as antenas auto captam ondas de rádio das frequências AM e FM e convertem-nas em sinais elétricos, que são depois amplificados e descodificados pelo aparelho de recepção, o player ou rádio. Hoje em dia, para além da função de rádio, as antenas emitem sinais de radiofrequência que também permitem o uso do sistema GPS, possibilitando a utilização de sistemas de segurança de rastreio e alarmes de bloqueio.

Há 4 tipos principais de antenas: 

  • a antena de teto (dianteira ou traseira) é indicada para uma melhor recepção de sinal AM e FM;
  • a antena interna é instalada por cima do espelho retrovisor e é indicada para uso urbano das frequências AM/FM;
  • a antena interna colocada nos vidros laterais traseiros;
  • a antena shark (a fazer lembrar uma “barbatana de tubarão”) está pensada para um melhor uso do GPS e das telecomunicações.

Árvore de Cames

Elemento responsável por dirigir a correia ou a corrente de distribuição e a rotação da cambota. A árvore de cames sincroniza a abertura e o fecho das válvulas de admissão e escape com os diferentes tempos de admissão, compressão, explosão e escape dos cilindros do motor, provocados pelas subidas e descidas dos pistões.


ASR

O sistema ASR (Anti Slip-Regulation, também conhecido por TCS – Traction Control System) é o sistema de segurança responsável por evitar a derrapagem das rodas do carro e, como tal, a perda de tração. Este sistema permite que o veículo arranque ou acelere em pisos escorregadios ou molhados sem que as rodas patinem. É considerado um sistema de segurança ativa.


Balancim

O balancim (ou balancins, no plural) são as peças responsáveis pela transmissão do movimento do eixo de comando às válvulas de admissão e às válvulas de escape. 


Barra da Direção

A barra da direção liga as duas rodas dianteiras do automóvel para garantir que as rodas giram no mesmo ângulo. Quando a barra da direção tem problemas, pode notar que o veículo se inclina durante a travagem ou nas curvas, ou que ouve sons incomuns principalmente durante a aceleração. Veja também ponteiras de direção.

 


Bateria Auto

A bateria auto é um componente fundamental para qualquer veículo. O motor é a peça que faz o carro mover-se, mas a bateria é a peça responsável por fornecer energia ao motor de arranque, o que ativa o motor de combustão. Além desta função, a bateria também fornece energia aos diversos sistemas elétricos e eletrónicos, como o rádio, as luzes internas ou o ar condicionado.

Nos veículos com sistema Start & Stop, são necessárias baterias de características técnicas especiais de AGM (Absorbent Glass Mat), EFB (Enhanced Flooded Battery) ou VRLA (Valve-regulated Lead-acid battery), capazes não só de fornecer energia a todos os componentes elétricos do veículo durante paragens prolongadas do motor de combustão mas também às inúmeras solicitações de arranque recorrentes do sistema Start & Stop.

A bateria descarrega se deixar o carro parado demasiado tempo ou se deixou um componente elétrico ligado durante várias horas. Se a bateria estiver descarregada mas ainda conseguir arrancar, deve conduzir entre cerca de 45 min. a 1h de forma à sua carga ser reposta na totalidade. Se após esse tempo desligar o carro e posteriormente tiver dificuldades em colocá-lo de novo a trabalhar, deve dirigir-se a uma oficina para que seja feito um check-up ao sistema de carga e arranque.

Em termos gerais, a vida útil de uma bateria auto é de 3 a 5 anos. O estilo de condução, os fatores ambientais, o tipo de uso que dá ao veículo e os cuidados com a manutenção da bateria são determinantes para otimizar a carga da bateria e estender a sua vida útil ao máximo. Para aumentar a vida útil da bateria, recomendamos:

  • Evitar temperaturas extremas. Não é recomendável deixar o veículo parado no exterior quando as temperaturas ultrapassam os 40ºC ou estão baixo dos -10ºC. 
     
  • Não fazer apenas percursos curtos. A bateria faz um esforço maior ao arrancar. Por isso, ligar e desligar o carro para percursos curtos aumenta o desgaste da bateria. Para recarregar a bateria, recomendam-se sempre percursos mais longos.
     
  • Não usar a bateria com o motor desligado. Sempre que usa o rádio, o GPS, o AC ou as luzes do carro com o motor desligado, está a descarregar a bateria sem a recarregar. Evite o uso excessivo dos componentes elétricos quando o motor está desligado. 
     
  • Não deixar o carro parado muito tempo. Deixar o carro parado muito tempo pode descarregar completamente a bateria. Tente fazer um uso regular do carro, com percursos de pelo menos 20 a 30 minutos.
     
  • Manter os bornes e o alternador em perfeito estado. É conveniente verificar os terminais dos bornes com regularidade. Algumas falhas elétricas que pode atribuir à falta de bateria podem dever-se a avarias no alternador, por isso convém testar a capacidade desta peça quando suspeita de problemas com a bateria.

Bateria do carro 


Biela

Peça que faz a ligação do pistão com a cambota, encarregando-se de sincronizar o movimento de ambos durante o funcionamento do motor, convertendo o movimento retilíneo do pistão em movimento circular da cambota.


Binário do Motor

O binário do motor é a medida da força rotacional exercida sobre um eixo. Ou seja, mede a força exercida sobre o pistão do motor para provocar a rotação das rodas do veículo. A sua unidade de medida é newtons por metro (Nm).


Bloco do Motor

Parte principal do motor em que estão localizados os cilindros, pistões, bielas e cambota. Dentro dos cilindros é onde se efetuam os 4 tempos do motor térmico, designadamente:

  •  admissão (abertura da válvula de admissão para a entrada de ar e injeção de combustível);
  • compressão (fecho das válvulas de admissão e de escape para poder comprimir a mistura ar-combustível para os pontos óptimos de pressão e temperatura para combustão);
  • combustão/expansão (nos motores a gasolina, é o saltar da faísca para detonação e combustão da mistura de ar-gasolina; nos motores a diesel, é o momento de auto-combustão da mistura de diesel e ar por aumento da pressão e temperatura);
  • escape (abertura da válvula de escape para extração dos gases da combustão para a linha de escape).

Bloco do motor 


Serviços MForce
ver todos os serviços
  • Mantemos a Garantia
  • Peças Homologadas
  • Técnicos Profissionais
NA NA
A PENSAR EM SI
Saúde Auto

Saúde Auto

Higienização

Higienização

Recolha Entrega

Recolha Entrega*

Recolha/entrega chaves 24h

Recolha/entrega chaves 24h*

Serviço Mobilidade

Serviço Mobilidade*

Marcação digital

Marcação digital

MForce, a melhor solução integrada para resolver qualquer problema do seu carro

Profissionalismo     Fiabilidade e Garantia     Conveniência     Rapidez     Qualidade e Preço

 

* Serviços disponíveis em oficinas selecionadas. Para mais informações ligue 210 115 017