Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK

Oficina mais próxima

MForce Cascais Shopping

SAÚDE AUTO

210 115 017

Fale com um especialista

MarcaçãoMarcação
  • Problemas na correia de distribuição?
  • Ouve “estalidos” vindos do motor?
  • Existe um excesso de vibração ao conduzir?
  • O carro parece estar a consumir mais gasolina?
  • A viatura está com um pior desempenho do que o habitual?

Estes são alguns sinais que indicam problemas no motor do seu veículo. Embora os mesmos possam não estar diretamente associados à correia de distribuição, devem ser sempre revistos por uma equipa de profissionais. 

Serviço de mudança da correia de distribuição

Na MForce, as nossas equipas fazem o ciclo completo de manutenção do automóvel, através do nosso serviço de mudança da correia de distribuição.

Mais do que isso, substituímos ainda todos os componentes ligados à correia de distribuição que forem necessários, nomeadamente a bomba de água ou os tensores.

 

Quando mudar a correia de distribuição?

Mudar a correia de distribuição é um serviço ao qual deve recorrer em torno dos 90.000 Km. Este é o limite recomendado pela maioria dos fabricantes, embora este limite deva ser confrontado com as instruções recomendadas pela marca da correia de distribuição do seu veículo.

Mesmo assim, nós sugerimos que o faça 10.000 Km antes do indicado.

Lembre-se que quando a correia de distribuição se deteriora, podem ocorrer danos graves no motor. Esta é uma peça fundamental do carro e, por isso, não deve adiar a sua substituição de forma alguma.

 

Como mudar a correia de distribuição?

Mudar a correia de distribuição não é uma tarefa simples, nem deve ser um trabalho realizado por si próprio. 

Mudar a correia e o kit de distribuição exige bastante tempo.

Mas, mais do que isso, exige também que se ajuste a tensão da correia de distribuição após a mudança. Este trabalho deve ser feito apenas por profissionais, como os que encontra numa das muitas das nossas oficinas.

Para sua comodidade e segurança, os nossos serviços de mudança de correia de distribuição englobam todos os passos e todos os ajustes imprescindíveis ao bom funcionamento da sua viatura. Faça-nos uma visita!

O que acontece se a correia de distribuição falhar?

Se a correia de distribuição falhar, há vários cenários possíveis de acontecerem. O pior dos cenários é mesmo o rebentar do motor do carro porque a correia de distribuição está partida, depois de entrar em combustão.

Naturalmente, esta é uma situação muito perigosa. Além disso, danifica todo o carro de forma irreparável.

Contudo, é uma situação perfeitamente evitável. Lembre-se que esta é uma peça dispendiosa. A sua substituição exige muitas horas de mão de obra. A revisão planeada é sempre uma opção mais segura, mais económica e mais rápida do que uma qualquer avaria inesperada.

Mesmo assim, uma correia de distribuição partida pode dar origem a outros problemas, além da falha do motor. Por exemplo:

  • Fugas de água;
  • Fugas de óleo;
  • Perda de líquido de refrigeração;
  • Perda de lubrificantes.

 

Como saber se a correia de distribuição foi mudada?

A única forma de saber se a correia de distribuição foi mudada é levar o seu carro até a uma oficina, para que os nossos mecânicos possam realizar uma inspeção ao seu automóvel.

Em todo o caso, deixamos uma recomendação: se adquiriu (recentemente ou não) uma viatura em segunda mão com 70.000 Km ou mais, considere substituir a correia de distribuição.

Como não tem forma de garantir se o dono anterior substituiu esta componente, o melhor é jogar pelo seguro e investir na renovação do motor.

Correia de Distribuição

O que é a correia de distribuição?

Em termos simples, a correia de distribuição é uma componente do motor do automóvel. A sua função principal é a sincronização do movimento da árvore de cames (válvulas de escape e admissão) com o movimento de rotação da cambota (pistons), para além de acionar a bomba de água.

É fundamental que estes movimentos sejam precisos, de modo a evitar o desgaste prematuro da correia de distribuição e preservar o funcionamento do motor.

 

Tipos de correia de distribuição

Existem dois tipos de correia de distribuição:

  • Correia Dentada;
  • Correia Trapezoidal ou Correia em V.

Correia Dentada

As correias dentadas (ou sincronizadas) têm dentes arredondados ou curvilíneos. São suaves, silenciosas e economizam energia. Além disso, são bastante fiáveis para grandes cargas e altas velocidades porque compensam facilmente a sobrecarga e as cargas intermitentes. São utilizadas sobretudo em motociclos, máquinas agrícolas e industriais.

 

Correia Trapezoidal ou Correia em V

Os dentes das correias em V têm um formato trapezoidal que se encaixa nos canais da polia da cambota. Isto contribui para movimentos precisos e uma maior estabilidade.

Este tipo de correias usa um revestimento resistente e muito durável, criado à base de borracha e fibras. Por isso, a correia trapezoidal cede pouco ao desgaste, não requer lubrificação e é muito silenciosa.

 

Corrente ou correia de distribuição?

Os nomes são parecidos e a função até a mesma. Contudo, uma corrente e uma correia de distribuição não são a mesma coisa. 

As correias têm algumas vantagens face às correntes de distribuição. Desde logo, são mais silenciosas. Mas também provocam menor atrito, na medida em que a borracha da peça é mais leve. Por último, são também mais baratas e mais fáceis de substituir.

Por outro lado, as correntes conseguem ser mais precisas e têm mais durabilidade porque são fabricadas em metal.

A maioria dos fabricantes recomenda a sua substituição algures entre os 100.000 e os 120.000 Km, embora algumas marcas indiquem prazos superiores. 

Quando chegam ao fim da sua vida útil, quase sempre causam ruídos percetíveis para o condutor – o que contribui para que o desgaste não passe despercebido tão facilmente.

Correia de Distribuição

Kit de Distribuição

Quando falamos na substituição de uma correia de distribuição, é importante sublinharmos que não estamos a falar apenas da correia em si. É uma boa prática utilizar todo o kit de substituição, ou seja, o kit correia de distribuição – inclui não só a correia, mas também a polia de desvio, os tensores e a bomba de água.

Desgaste do kit de distribuição

É normal que a correia de distribuição se desgaste devido à tensão e é por isso que deve ser substituída.

Porém, há alguns fatores que podem levar a um desgaste maior e mais rápido da borracha da correia, nomeadamente:

  • Arranques bruscos;
  • Condução frequente com rotações elevadas;
  • Condução frequente em modo “pára-arranca”;
  • Ter os tensores demasiado gastos.

Ao mesmo tempo, existem também alguns sinais que indiciam o desgaste da correia de distribuição e que se tornam visíveis durante uma inspeção:

  • Dentes com excesso de desgaste;
  • Fendas no perfil;
  • Vestígios de óleo na correia de distribuição.

 

Preço da correia de distribuição 

Quando muda a correia de distribuição, é recomendável mudar todo o kit (incluindo a bomba de água e os tensores). O preço da mudança da correia na MForce engloba o valor de todas as peças e a mão-de-obra.

Peça um orçamento grátis na sua oficina mais próxima e pergunte-nos quais são os prazos ou os quilómetros previstos pelo fabricante do seu carro para a realização do serviço.

Serviços MForce
ver todos os serviços
  • Mantemos a Garantia
  • Peças Homologadas
  • Técnicos Profissionais
A pensar em si
A PENSAR EM SI
Saúde Auto

Saúde Auto

Higienização

Higienização

Recolha Entrega

Recolha Entrega*

Recolha/entrega chaves 24h

Recolha/entrega chaves 24h*

Serviço Mobilidade

Serviço Mobilidade*

Marcação digital

Marcação digital

MForce, a melhor solução integrada para resolver qualquer problema do seu carro

Profissionalismo     Fiabilidade e Garantia     Conveniência     Rapidez     Qualidade e Preço

 

* Serviços disponíveis em oficinas selecionadas. Para mais informações ligue 210 115 017