Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK

As oficinas MForce mantêm-se abertas. Não adie a manutenção do seu carro. Serviço recolha  e entrega disponível.

Oficina mais próxima

MForce Cascais Shopping

SAÚDE AUTO

210 115 017

Fale com um especialista

Para muitos condutores, esta é a pergunta do milhão de euros: quando é que precisa de mudar os pneus? Umas rodas em mau estado, um pneu com o piso desgastado ou a falta de pressão podem provocar problemas de segurança e acidentes na estrada. 

Mas mudar pneus não é só uma uma questão de segurança: trocar os pneus antes do necessário vai fazer com que desperdice dinheiro e recursos naturais. O truque é mesmo ser um condutor atento e perceber quando é que é a altura certa para mudar os pneus.

 

Quando mudar os pneus do carro?

Deixamos-lhe em seguida alguns sinais a que deve estar atento para perceber se chegou a hora de trocar os pneus do carro.

 

Furos nos pneus 

Pode parecer óbvio, mas uma das coisas a que deve ficar atento são os “furos” nos pneus. Claro que, se tiver um furo grande, dificilmente conseguirá circular. Mas quando se trata de furos mais pequenos, muitos condutores têm o hábito de fazer uma reparação provisória. No entanto, por recomendação dos próprios fabricantes, nenhum pneu furado deve ser reparado quando o rasgo de perfuração é superior a 6 mm

 

Reparar furos nos pneus

Caso o rasgo do furo seja inferior a 6 mm, pode realmente adquirir um kit de reparação provisória ou levá-lo a um profissional para o arranjar com segurança. Se notar que há um objeto preso no piso e pode estar a perfurar a borracha (como um prego, por exemplo), é recomendável ir a uma oficina para evitar ficar com o pneu vazio.  

Outras vezes, o furo pode ser tão pequeno que é quase imperceptível a um olhar distraído. Nesses casos, o pneu furado vai perdendo ar lentamente ao longo de vários quilómetros. Se notar que um pneu se esvaziou durante uma viagem, não vale a pena tentar encher – vai acabar por perder ar novamente. O melhor é mesmo trocar o pneu por um novo. Além disso, não é possível reparar um pneu que foi utilizado vazio devido aos danos internos e externos causados

Pneu Furado

Pneu Furado

Profundidade do piso dos pneus 

Outra das pistas mais claras de que deverá trocar de pneus é o estado do piso dos pneus. Aqui, destacamos a medida da profundidade do piso dos pneus. O mínimo legal da profundidade dos sulcos é pelo menos 1.6 mm (norma Europeia). Mas, por segurança, os fabricantes recomendam quase o dobro – 3 mm. No caso dos pneus de Inverno, a profundidade mínima é 4 mm. 

Poderá medir a profundidade do piso em qualquer oficina MForce, mas existe um pequeno truque caseiro que pode ir fazendo: encoste uma moeda de 1 euro num sulco central do pneu. Quando a parte dourada ficar à vista, é porque está na hora de trocar os pneus! 

Pressão dos pneus

Lembre-se que controlar a pressão dos pneus é essencial para evitar o desgaste prematuro das rodas, o consumo excessivo de combustível e os rebentamentos. 

  • Se o centro do pneu estiver mais gasto do que as outras áreas, é provável que estejam demasiado cheios. Não precisa de trocar o pneu, mas utilize um manómetro para esvaziar ligeiramente e deixar os pneus ao nível de pressão recomendado. 
  • Se os pneus dianteiros têm as extremidades gastas, também deve verificar a pressão. O mais provável é que esteja a circular com pressão abaixo do recomendado pelo fabricante. Tenha sempre em atenção que a correta monitorização da pressão dos pneus é um elemento ativo de segurança. Não o ignore.
Medir a pressão do pneu

Medir a pressão do pneu

Desgaste dos pneus

Às vezes, com um simples olhar para os pneus pode perceber que as rodas apresentam deformações ou um desgaste irregular. Precisa é de saber o que procurar: 

  • desgaste anormal do pneu nos ombros e no centro do pneu (o “ombro” é a parte biselada, com borracha mais grossa, que entra em contacto com o piso e que está mais sujeita a golpes); 
  • desgaste superior ao do outro pneu do mesmo eixo
  • bolhas, especialmente bolhas no flanco (a zona lateral) do pneu;
  • o talão (bordo do pneu que assenta na jante) está danificado;
  • o pneu tem um aspeto “ressequido”.
Pneu desgastado

Pneu desgastado

Qualquer um destes sinais indica que precisa de trocar os pneus do carro. Mas, se tiver dúvidas, leve o seu carro a uma Oficina MForce para fazer a medição do ombro do pneu, da pressão do pneu e da profundidade do piso. Aproveite para rever o alinhamento da direção, pois qualquer desequilíbrio na transmissão ou suspensão pode levar ao desgaste prematuro dos pneus.

Apesar de não obrigarem a trocar o pneu de imediato, também convém ir a uma Oficina se notar a seguinte anomalia: é normal que os pneus da dianteira se desgastem mais rápido porque suportam mais peso e são responsáveis pela direção. Mas se estiverem mais desgastados do que o normal para a quilometragem e idade, verifique a suspensão. Caso um dos pneus esteja mais desgastado do que o outro, poderá indicar a ineficácia de um amortecedor. 

Quantos kms dura um pneu?

Outro indicador de que deve mudar os pneus é a quilometragem. É aconselhável trocar os pneus a cada 40.000 kms ou passado 5 anos, consoante o que acontecer primeiro. 

 

Idade dos pneus

Temos más notícias para si: mesmo que nunca tenha usado um pneu (por exemplo, se nunca precisou de usar o pneu suplente), pode precisar de o trocar. Depois de 5 anos de utilização, os pneus devem ser inspecionados pelo menos uma vez por ano por uma oficina especializada. Mas mesmo que tudo pareça bem, 10 anos (a contar a partir da data de fabrico) é o máximo que deve usar um pneu – sim, mesmo que não pareçam gastos. 

Se não sabe quando é que o pneu foi fabricado, verifique na lateral do pneu. Encontrará uma designação deste género: DOT XXXX XXXX XXXX (uma combinação de 12 algarismos e letras). Os últimos 4 algarismos indicam a semana e o ano de fabrico. Por exemplo, se os últimos 4 dígitos forem “3318”, significa que o pneu foi fabricado na semana 33 do ano de 2018 (entre 13 e 19 de Agosto de 2018)

Como comprar pneus?

Se chegou à conclusão que precisa de mudar de pneus, precisa de aprender a escolher os pneus novos. Primeiro, tenha em conta que os pneus devem cumprir com um conjunto de caraterísticas técnicas do seu veículo. Esta informação está disponível no Manual Técnico do seu carro. Pode ver aqui também como encontrar as medidas certas de pneus para o seu carro. Não deve comprar pneus cujo limite de velocidade e índice de carga não sejam pelo menos iguais ao estipulado pela marca. 

Depois, tenha em consideração o seu estilo e hábitos de condução. Pondere se precisa de pneus para a neve e para o gelo ou se vale a pena pagar mais por um pneu com mais aderência ao piso molhado. Se vai trocar apenas um pneu ou só os pneus traseiros/dianteiros, escolha pneus do mesmo tipo e tamanho, pois este é um factor decisivo para aprovação quando for à Inspeção Periódica Obrigatória

Lembre-se que a Revisão Oficial do seu carro, a manutenção regular e o estilo de condução influenciam o estado dos pneus. Evite mudanças bruscas de velocidade, acelerações, buracos ou subir passeios e mantenha uma condução estável para conservar os seus pneus durante mais tempo.

Já está convicto de que o seu carro precisa de pneus novos? Conheça as promoções de pneus novos disponíveis nas Oficinas MForce.

Serviços MForce
ver todos os serviços
  • Mantemos a Garantia
  • Peças Homologadas
  • Técnicos Profissionais
NA NA
A PENSAR EM SI
Saúde Auto

Saúde Auto

Higienização

Higienização

Recolha Entrega

Recolha Entrega

Recolha/entrega chaves 24h

Recolha/entrega chaves 24h

Serviço Mobilidade

Serviço Mobilidade

Marcação digital

Marcação digital

MForce, a melhor solução integrada para resolver qualquer problema do seu carro

Profissionalismo     Fiabilidade e Garantia     Conveniência     Rapidez     Qualidade e Preço